A tatuagem já foi removida e o rapaz tenta se livrar da dependência química.

Lembra dele ?

O rapaz de 17 anos que no ano passado foi acusado de roubo e teve a testa tatuada foi batizado no último sábado (30), segundo informações do JM Notícia.

Ele segue internado em uma clínica de reabilitação em São Paulo. A ação foi da igreja Renascer em Cristo e outros nove internos quiseram se batizar.

Em junho do ano passado o caso teve grande repercussão. Ele foi acusado de roubar uma bicicleta na cidade de São Caetano e acabou apreendido por dois homens. Eles escreveram “Eu sou ladrão e vacilão” na testa do jovem.

A tatuagem já foi removida e o rapaz tenta se livrar da dependência química.

As informações são do JM Notícia.